PRICING: Sistema de gestão de preços

Os três pilares fundamentais para estruturação da Inteligência de Pricing em uma empresa são:

  • Processos;
  • Pesquisas;
  • Sistema.

Naturalmente a base desses pilares são sustentados pelo mais importante: Pessoas que devem ser treinadas e capacitadas para análise e execução das rotinas.

É verdade que um pilar pode ter a sua importância maior que o outro e isso também pode variar em função do nível de maturidade do pricing na empresa, mas o fato é que os três são importantes.

Por exemplo:  

  • A empresa tem os processos de pricing bem definidos, mas não tem pesquisas na concorrência e não tem sistema.
  • A empresa investiu em pesquisas e no sistema, mas não tem o processo bem definido.
  • A empresa realiza uma grande quantidade de pesquisas, mas não tem o processo bem definido e não tem sistemas para tratar os dados de forma inteligente.

Veja que individualmente cada pilar é importante, mas é o conjunto da obra que vai fazer a diferença e gerar resultados financeiros satisfatórios.

É nesse aspecto que a Profit+ se diferencia no mercado, pois atuamos nos 03 pilares fundamentais do Pricing e capacitamos as pessoas da empresa do cliente para dar continuidade e sustentação ao negócio.

Nesse blog, vamos falar sobre o Sistema de Gestão de Preços.

Muitos varejistas entendem que o Sistema ERP utilizado pela empresa já atende a necessidade do Pricing, mas será mesmo?

É verdade que qualquer Sistema ERP possui a funcionalidade de alteração de preços, mas será que isso é inteligência de Pricing?

Não! Para gerir 15.000/20.000 itens ou mais por loja de forma inteligente é necessário muito mais que um sistema de input manual de preços.   

Estamos falando de um Sistema que possibilite a empresa varejista atuar nas seguintes frentes:

  1. Otimização das Margens no Ponto de Venda: Nesse caso, o sistema irá receber os dados de pesquisa da concorrência, dados do próprio Sistema ERP, como: Vendas, Margens, Custos, Impostos, etc… e que através de parâmetros de pricing, recomende o melhor preço a ser praticado em cada produto, em cada loja do Varejista, potencializando competitividade e lucros.
  • Potencializar negociações com os fornecedores: É necessário que o comprador tenha dados e uma ferramenta simples, objetiva e que lhe permita melhorar a negociação de seus produtos com os fornecedores do grupo.

Além de tratar os aspectos competitividade e margem, é necessário que o sistema garanta a coerência dos preços e relacionamentos entre produtos no ponto-de-venda, como: fragrâncias, sabores, marcas e proporcionalidades.

Esse tipo de Sistema deve ser modular, atuando com regras específicas e de forma distinta para os seguintes tipos de preços:

  • Preços Regulares:                  Não promocionais
  • Preços Promocionais:             Ofertas veiculadas em mídias (TV, Encartes, Lâminas, Tablóides,etc).
  • Preços Especiais:                    Ofertas não veiculadas em mídias (excessos de estoque, vencimentos, outras negociações.
  • Preços Markdown:                  Liquidações de produtos fora de linha, sazonalidades, compras in and out.

Esse tipo de investimento gera retorno financeiro?

Com certeza!

Porém, como dito antes, não se implementa sistema sem um processo bem definido, com regras claras e uma liderança que garanta o engajamento de todos os profissionais envolvidos.

Se quiser saber mais sobre o assunto, fale conosco:

e-mail:             contato@profitmais.com.br

fone:               +55 11 2528-1210

site:                 www.profitmais.com.br

Teremos o prazer de compartilhar com você e sua empresa o nosso know-how e as nossas soluções daquilo que mais sabemos fazer: PRICING!